Joaquim Azevedo

É hoje professor catedrático da Universidade Católica Portuguesa e Presidente da Fundação Manuel Leão. Desempenhou as funções de Diretor-Geral do Ministério da Educação (1988-92) e de Secretário de Estado da Educação (em 1992 e 1993). É membro do Conselho Nacional de Educação (cooptado) e dirige a Comissão de Atores e Recursos da Educação. Representou Portugal em vários organismos internacionais (OCDE, UNESCO) e é autor de inúmeros artigos sobre educação e formação e vários livros, sendo o último intitulado “Liberdade e Política Pública de Educação. Ensaio sobre um novo compromisso social pela educação” (2011). O seu lema? O que não semeamos, não podemos vir a colher. Quem planta batatas, não vai colher papoilas.